Um horror! (Alcides)

Caríssimos Quase dois séculos depois, Joinville, a maior cidade do Estado, acordou nesta segunda-feira sem jornal. Andei pensando, como pode ter acontecido isto? Na verdade, essa morte foi lenta e longamente anunciada, anunciada, mas diante de um silêncio constrangedor. O mesmo se pode dizer de Blumenau. E de Florianópolis, apesar de aqui termos o ND. […]

Mais...