JANDIRA D’ÁVILA

JANDIRA D'ÁVILA

Cadeira 24

JANDIRA D’ÁVILA (*1924 +1999)

Patrono: Karl Konstantin Knüppel.

“Jandira D´Ávila é natural de Jaguaruna, Santa Catarina.

Bacharel em Direito, professora, atuou na área da Educação durante mais de trinta anos.
Estagiou ao nível de pós-graduação, nos Estados Unidos em 1968 e, em 1975, na Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro.

Ocupou diversos cargos na administração pública de seu Estado e, atualmente (1989), já aposentada dedica-se a escrever.

Publicou, pela Editora do Brasil, na década de sessenta, livros-texto para o 1°.Grau e durante muitos anos publicou artigos educacionais , crônicas e poesias em jornais de Joinville e Florianópolis.

Em 1987, publicou, pela Editora Lunardelli o livro n°. 1 (cartilha), o primeiro da série “Sol e Mar”, para o 1°. Grau.

A partir de 1980 passou a dedicar-se ao estudo do comportamento da mulher na idade madura.

Não é adepta ao feminismo fanático, mas procura ajudar a mulher a conquistar seus direitos de cidadã brasileira, combatendo os preconceitos sociais.”

(FONTE: https://www.skoob.com.br/autor/11622-jandira-davila)

Sobre sua condição de Acadêmica e co-fundadora da Academia Joinvilense de Letras, foi empossada Jandira d’Ávila em cerimônia realizada na Sociedade Harmonia-Lyra na noite de 07 de dezembro de 1972, quando a Academia (que já contava com 14 membros-fundadores desde 15 de novembro de 1969, data de sua fundação), deu posse a mais 25 membros (todos considerados igualmente fundadores). Embora também fosse advogada, teve seu nome mais fortemente marcado pelo ensino, atuando como professora por mais de 30 anos, inclusive batizando uma escola estadual de Joinville. Como escritora, Jandira d’Ávila enveredou pela crônica e pela poesia, além de ter escrito artigos e livros-texto voltados para o ensino.Veio a falecer em 28 de setembro de 1999.

 (pesquisa e redação por: Paulo Roberto da Silva, secretário-geral da AJL).

Fonte da imagem: Acervo da Escola de Educação Básica Professora Jandira d’Ávila

COMPARTILHE: