MANOEL DEODORO DE CARVALHO

MANOEL DEODORO DE CARVALHO

Cadeira 22

MANOEL DEODORO DE CARVALHO (*1890 +1974)

Manoel Deodoro de Carvalho, conhecido em seu tempo como “Seu Neco” nasceu em 13 de agosto de 1890.  Manoel Deodoro desde cedo se tornou pessoa bem relacionada na comunidade e aos 17 anos comprou a casa em que funcionava a Farmácia Minerva, depois denominada “Farmácia Deodoro”. Farmacêutico licenciado e responsável devido à carência de médicos na época ministrava consultas e receitava remédios conforme seus conhecimentos.

Seu sonho era erigir o 2º andar sobre as paredes da farmácia, o que ocorreu em 1946, quando efetuou também uma reforma geral. Seu Neco tinha o hábito de fazer anotações sobre todas as suas atividades. 

Mais tarde mudou-se de São Francisco para o Rio de Janeiro, e o prédio ficou por muitos anos fechado, até que foi adquirido por Samir Deud (in memoriam), que fez nova reforma para instalar a sua loja.

Ao serem retirados os entulhos do prédio, Samir encontrou em meio a eles uma garrafa, contendo um manuscrito, intacto, que contava toda história da reforma e construção, destacando os nomes do mestre de obras, dos carpinteiros, pedreiros e serventes, bem como o salário pago a cada um deles, entre outros detalhes. Este documento foi assinado pelo Seu Neco em 1º de julho de 1946, e está reproduzido na íntegra, no livro “São Francisco do Sul 500 Anos – Construções Históricas”, que produzimos em 2004. 

Manoel Deodoro foi um ilustre escritor, jornalista, conferencista e líder comunitário. Exerceu vários cargos públicos: foi vereador, presidente da Câmara, deputado estadual e juiz de paz, tendo o cuidado de anotar todos os atos, seus e de seus parceiros de luta em benefício da população local, que foram registrados em ordem cronológica, no livro “Memória e História – Anotações de Manoel Deodoro de Carvalho”, organizado pela historiadora Raquel S. Thiago. 

COMPARTILHE: