RAUL DE OLIVEIRA FAGUNDES

RAUL DE OLIVEIRA FAGUNDES

Cadeira 26

RAUL DE OLIVEIRA FAGUNDES (*1909 +1980)

Patrono: Marinho de Souza Lobo.

Nascido em Joinville, Raul de Oliveira Fagundes iniciou sua carreira jornalística praticamente ao mesmo tempo em que nascia o jornal “A Notícia”. De 1925 até 1944, foram 19 anos de uma trajetória profícua junto a este que é um dos mais importantes jornais do Estado, e onde se tornou redator e gerente interino. Lá teve o privilégio de atuar ao lado de expoentes como Heráclito Lobato, Montezuma de Carvalho, Cesar Augusto de Carvalho (seu futuro colega de Academia), Juca Ramos, além do fundador Aurino Soares.

Atuou também na imprensa blumenauense e, novamente em Joinville, foi um dos principais colaboradores do livro “Álbum Histórico do Centenário de Joinville”, valioso registro do primeiro século de fundação da cidade e no qual foi autor de diversos textos de cunho histórico, cultural e artístico.

Desde 1972 tornou-se membro-fundador da Academia Joinvilense de Letras, época em que atuava no “Jornal de Joinville” (o “JJ”), órgão integrante dos “Diários Associados” de Assis Chateubriand, que em 1954 fora eleito para a Academia Brasileira de Letras.
Faleceu em 1980, aos 71 anos de idade, deixando o legado de um jornalismo eclético e de textos marcados por um elevado refinamento.

Por meio de Edital lançado pela Academia Joinvilense de Letras em 12 de março de 2015, buscou eleger um sucessor para este que, com agudeza de espírito, destacou-se como um profundo conhecedor da atividade jornalística, recaindo a escolha no nome do advogado e escritor George Postai de Souza.


(pesquisa e redação por: Paulo Roberto da Silva, secretário-geral da AJL, a 08/04/2015, revisado a 09/02/2019).

Fonte da imagem: Acervo da Família Fagundes.

COMPARTILHE: