Wilson (Adauto)

Wilson: 

Ao Te ver, nesta hora derradeira, onde, foste obrigado, finalmente, à quietude do teu talento, para o amor à esposa,amantíssima, aos filhos e amigos doloridos, , admiradores entristecidos, a Joinville que, ainda há pouco, derramou suas costumeiras lágrimas em chorando a tua partida, concluí que o Amigo morto sempre parece mais morto que o resto da Humanidade. E que, para Te recomendar ao Criador, neste momento, deveria estar aqui, nem mais, nem menos que um Teu conterrâneo, catarinense como tu, o mais alto representante da religião católica no Brasil, Dom Murilo Ramos Krueger. Sinto-me abandonado, Amigo, de tantas caminhadas noturnas, após as sessões da nossa Academia, recordando aquela cidade que conhecemos ao alvorecer da nossa Amizade sem suspeitas, prolongada pelo mesmo amor às artes em que foste um Mestre, tanto em Literatura, quanto em Pintura de que temos a prova há mais de 15 anos em parede do nosso hotel no Balneário de Itaguaçu, que o adorna, especialmente, com a energia transmitida aos que o contemplam. Nem preciso recomendar que deixes qualquer preocupação aqui com a invejável caríssima metade, os nunca demais dedicados filhos, os amigos sinceros que te pranteiam, como o fez há momentos, a nossa querida Joinville. Teu prêmio pelo Criador dos Mundos é que serás energia benéfica ao encontro com os que te precederam e pelos quais verteste lágrimas sinceras e, agora, Te abraçarão pela eternidade….A  TÁ LEME*…..! Irmão Wilson! 

05/12/2019 – 6.00 Horas.  

  • Até Breve! 

 

CARLOS ADAUTO VIEIRA

Cadeira 30 da AJL 

COMPARTILHE: