Realidade (Postai Souza)

Realidade

Não vou jogar confete na realidade

Ela não merece

Está em decomposição, podre

Que realidade é essa?

Violência, medo, guerras…

Quero fugir disso tudo

Do mundo

Mas pra onde?

Continuo me escondendo

Em poesias, em manuscritos

Nos meus sonhos

 

(Postai Souza  08/2001)

COMPARTILHE: